Home Dispositivos Pokémon HOME é oficialmente liberado, o que podemos esperar do novo serviço?

Pokémon HOME é oficialmente liberado, o que podemos esperar do novo serviço?

Depois de vários anúncios confusos e tentativas de explicação de como funcionaria o Pokémon HOME, a Nintendo finalmente lançou seus serviço de trocas para a nova geração de jogos Pokémon.

O Pokémon HOME chega para “facilitar” a vida dos treinadores na hora de trocar pokémon e também armazená-los fora dos jogos. O novo serviço está disponível em duas versões, uma para console e outra para smartphone, que possuem funções diferentes em cada dispositivo.

Na versão de celular, temos o app que possui diversas funções básicas como troca de pokémon, seja com os seus amigos, ou em sistemas mais sofisticados como o GTS (solicitando pokémon que você precisa) e o famoso Wonder Trade (trocas aleatórias com diversas pessoas). Além disso, o app permite o recebimento de novos pokémon via Mystery Gift e avaliar monstrinhos a partir do seus status e dados de batalha.

Já a versão para Switch disponibiliza o transporte de pokémon de todas as plataformas para os novos jogos Pokémon Sword & Shield. Você poderá transferir seus monstrinhos estocados no Pokémon Bank (3DS) e aqueles encontrados em Pokémon Let’s Go, Pikachu & Let’s Go, Eevee para Sw&Sh através do Pokémon HOME (uma vez que eles estejam na Dex de Galar).

Resultado de imagem para pokémon home

Vale ressaltar, que uma vez passado pros novos jogos, os pokémon não podem retornar aos jogos originais, já que a via é de uma mão só. E sobre o Pokémon GO, não foi confirmado o transporte dos monstrinhos ainda para o Pokémon HOME, o que provavelmente será feito pela versão de celular em breve.

E pra quem estava sentido falta da National Dex nos jogos Sword & Shield, saiba que ela continua lá (completa como sempre) no Pokémon HOME, trazendo todas as informações sobre os monstrinhos como Mega Evoluções e Gigantamax, uma verdadeira enciclopédia Pokémon.

E como se não bastasse tudo isso, ainda apresentaram um novo “Professor Carvalho”, conhecido apenas como Grand Oak, aparentemente o criador do Pokémon HOME. Ainda não foi revelado nada sobre ele e nem qual seria seu parentesco com o simpático pesquisador da região de Kanto.

Mas, se formos classificá-lo pelo visual “descolado e esquisito”, é bem capaz dele ser algum irmão mais velho do professor ou até uma versão futurística de Samuel Oak (o que seria uma zueira sem tamanho).

O que eu acho de tudo isso… bom, vamos dizer que Pokémon HOME veio claramente para substituir o Pokémon Bank, que servia apenas como um lugar para armazenar pokémon. O novo sistema traz muitas coisas e facilita o seu uso, agora sendo pelo celular, sem precisar esperar chegar em casa para trocar seus pokémon.

Porém, ao invés de apresentar novas funções e simplificar aquelas que já tínhamos nos games anteriores, o serviço apenas “ripou” tudo de bom que os jogos core possuíam e agora tenta vender a “solução” para os problemas que a própria Game Freak criou para os seus jogadores.

Pokemon No GIF

Pokémon HOME está disponível para Nintendo Switch, Android e iOS, com a conta Premium custando em torno de US$3 (R$ 13) mensais e US$16 (R$ 70) anuais.

Luiz Vasconcelos
Made by Gamers!
- Publicidade -
- Publicidade -

REVIEWS

- Publicidade -

PITACOS

- Publicidade -

LISTAS

- Publicidade -

EVENTOS

- Publicidade -