Home Seções Eventos Nós testamos Devil May Cry 5 e Kingdom Hearts III na BGS...

Nós testamos Devil May Cry 5 e Kingdom Hearts III na BGS 2018!

À primeira vista, Devil May Cry e Kingdom Hearts não têm muito em comum. A não ser, claro, o fato das duas terem nascido bem no comecinho da (longa) vida do Playstation 2. E com o tempo esse jogos acabaram ganhando aquele status “cult”, atraindo milhares de fãs ao longo do tempo.

Eis que esse ano, essas já “clássicas” franquias ganharam continuações e tivemos a oportunidade de testá-las durante a BGS 2018. Confira aí as nossas impressões:


Devil May Cry 5

Anunciado recentemente e pegando quase todo mundo de surpresa, o quinto capítulo da franquia traz Nero e Dante mais uma vez combatendo hordas de demônios, sempre com muito estilo e frases de efeito.

Na demo que testamos na feira, o jogador encarnava Nero, personagem principal da campanha. Ao iniciar a demonstração, tivemos acesso ao que parecia ser uma das áreas iniciais do game: uma cidade completamente devastada pelas forças do Inferno. Logo no início, somos apresentados ao frenético sistema de combate do game. Nero possuía à sua disposição sua gigantesca espada Red Queen, a pistola Blue Rose, além de um braço robótico multifuncional, o Devil Breaker.

Para quem já conhece a franquia, o sistema de combate permanece o mesmo: um botão para tiros, um para golpes de espada, e um para ativar o braço. Assim como Devil May Cry 4 e DmC, podemos utilizar o Devil Breaker para “puxar” pra perto aquele inimigos mais distantes ou até mesmo “pescá-los” do chão, durante combos aéreos.

Resultado de imagem para devil may cry 5

Além de alcançar inimigos, o braço também conta com diversas “munições” para executar ações diferentes. Podemos por exemplo, lançar o braço como um míssil nos inimigos, ou executar um poderoso ataque elétrico. Particularmente, achei essa função um tanto confusa durante o jogo, mas creio que seja falta de costume mesmo. Já no final da demo, somos apresentados a Goliath, um gigantesco demônio que planeja dominar o Inferno, e que nos rende uma pequena boss battle.

Durante o combate (que se inicia no topo de um prédio), o gigante vai destruindo o cenário, levando a luta para os andares inferiores do edifício. Toda a destruição gerou efeitos de escombros e poeira, que mesmo assim, não comprometiam a fluidez do jogo. Com incontáveis tiros e golpes de espada, vencemos o grandão. Após uma curta cutscene, a demo se encerra, deixando aquele gostinho de quero mais.


Lembrando que Devil May Cry 5 estará disponível a partir de 8 de Março de 2019, para PC, PS4 e Xbox One.


Kingdom Hearts III

Kingdom Hearts deve ter sido um dos jogos que mais joguei durante a adolescência. Apesar da história do game atingir níveis absurdos de complexidade, a mistura entre Final Fantasy e Disney é de certa forma, mágica, e que agrada a todos.

E, após mais de 10 anos desde seu anúncio, finalmente Kingdom Hearts III é uma realidade . A demo disponível na BGS 2018, possuía duas fases disponíveis: o Monte Olimpo, mundo baseado na animação Hércules, e a Toy Box, outro mundo baseado na franquia Toy Story. Esse último foi o que jogamos durante a feira.

A demo começa com Sora se materializando no quarto do Andy, e cercado pelos famosos HeartlessDurante o combate, o jogo apresenta algumas opções interessantes para atacar os inimigos. Ao apertar o botão “triângulo” (ou botão Y no Xbox One) por exemplo, o protagonista transforma sua Keyblade em diferentes armas, como um martelo gigante ou um conjunto de xícaras rodopiantes. 

Aparentemente essas opções aparecem de forma aleatória, dependendo da quantidade de inimigos na tela, ou aliados presentes. De qualquer forma, essas adições são muito bem-vindas e acrescentam ainda mais variedade aos combates.

https://www.onlysp.com/wp-content/uploads/2016/10/KH3Teacups-Cedric.jpg

Após esse primeiro combate, somos apresentados a Woody e Buzz Lightyear, que se unem ao grupo de Sora para combater os Heartless. Após uma longa animação, somos orientados a seguir até uma loja de brinquedos, onde encontramos os Gigas, um novo tipo de inimigo semelhante a um robô-gigante.

O legal aqui é que esses inimigos são controláveis, já que ao derrotá-los, Sora pode subir em cima deles e pilotá-los, adicionando mais emoção ao combates. Os robôs apresentam diferentes tipos de golpes como socos, um blaster e a barragem de mísseis (o golpe mais poderoso, mas que demora bastante para recarregar), além de um jato propulsor para fugir do perigo.

https://www.godisageek.com/wp-content/uploads/KHIII_D23_Screenshot_08.jpg

Ao derrotar todos esses robôs (seis ou sete no total), a demo se encerra. Uma parte chata aqui, mas que todo fã de Kingdom Hearts deve estar acostumado, é que o jogo possui muitas cutscenes, reduzindo bastante a jogatina. Dos dez minutos de duração da demo, quase metade é dedicado às animações. Tirando isso, o game está sensacional.

Kingdom Hearts III será lançado em 25 de Janeiro de 2019, com versões para PS4 e Xbox One.


No mais, é isso aí galera. Fique ligado no Game Notícia para saber nossas impressões sobre os outros jogos que testamos na BGS 2018!

Paulo Nagahara
Made by Gamers!
- Publicidade -
- Publicidade -

REVIEWS

- Publicidade -

PITACOS

- Publicidade -

LISTAS

- Publicidade -

EVENTOS

- Publicidade -